Raios-X: a Maior Descoberta do Século

assistecnicamg
Há anos atrás jamais o homem, sonharia que aqueles raios desconhecidos viessem a ser um dos maiores auxiliares na radiologia médica, assim como também em outros campos como podemos citar: na Botânica, com estudos físicos – anatômico do reino vegetal; na Metrologia, no estudo da transformação e propriedades dos minerais, e como poderoso auxiliar na determinação da estrutura molecular e atômica de seus elementos; no Campo jurídico, como arma insubstituível em valor e eficiência na elucidação e determinação de sexo e idade; na Metalurgia, os raios -x constituem um fator importantíssimo na determinação da qualidade dos materiais, assim como suas emendas por soldas ou falhas na fundição dos mesmos; na Industria têxtil, a verificação das fibras a serem usadas na confecção dos fios; na Pintura o valor importante dos raios – x, quando na verificação de sobrecarga de tintas, que são de grande interesse para a critica, assim como ajudar a descobrir falsificações ou legitimidades de telas; na Geofísica, os raios -x permitem maior facilidade de exame do solo; na. Alfândega a verificação dos roubos e portes de armas.

Portanto essas são algumas das utilidades dos raios -x, sem pensarmos no campo maior que e a da Medicina humana, os aparelhos cada vez mais aperfeiçoados, o surgimento da Tomografia Computadorizada, do densitometro, agora abrangendo com maior intensidade no campo Veterinário, abrindo cada vez mais a área de trabalho ao técnico operador dos raios – x ou “Raios Roentgen”. Vamos relembrar algumas datas de interesse na área: Em novembro o Prof. Roentgen descobre os raios-x, em 12 de dezembro desse mesmo ano ele faz a radiografia da mão de sua mulher Bertha, iniciando então a área da radiologia logo após radiografou o cano de sua espingarda de caça, dando início então sem saber a era da radiologia industrial.

Em Janeiro de 1896 o Prof. Roentgen realizou a primeira radiografia em público na Sociedade de Física Médica de Wüzburg. Em Abril desse mesmo ano fez-se a primeira radiografia de um projétil de arma de fogo no interior do crânio de um paciente, essa radiografia foi feita na Inglaterra pelo Dr. Nelson.

Em 1898, o casal Curie (Pierre e Marie Curie) anunciou, na Academia de Ciências de Paris, a descoberta do rádio. Naquela mesma época, Madame Curie demonstrava que as radiações, descobertas por Becquerel (a atividade radioativa dos sais de Urânio) poderiam ser medidas usando técnicas baseadas no efeito da ionização.

Em Abril de 1896, um relatório médico apresentado no “Medical Record” descreve um caso no qual um carcinoma gástrico teve uma surpreendente resposta quando irradiado com raios-X.

Em novembro de 1899, Oppenhein descreveu a destruição da sela túrcica por um tumor hipofisário.

Em 1900, Wallace Johnson e Walter Merril publicaram um artigo descrevendo os resultados positivos obtidos em câncer de pele pela aplicação de raios-X.

Em março de 1911, Hensxhen radiografou o conduto auditivo interno alargado por um tumor do nervo acústico.

Em novembro de 1912, Lackett e Stenvard descobriram ar nos Ventrículos ocasionados por uma fratura do crânio.

Um neurocirurgião de Baltimore, Dandy, em 1918, desenvolveu a ventriculografia cerebral, substituindo o líquor por ar. Assim ele trouxe grande contribuição no diagnóstico dos tumores cerebrais.

Em 1920, iniciaram-se os estudos relativos à aplicação dos raios-X na inspeção de materiais dando origem à radiologia industrial. (O Prof. Roentgen já tinha feito uma radiografia de seu rifle onde mostrava a falha no material de que era feito o cano, portanto já nessa época surgiu a radiologia industrial ).

 

Fonte:

Autor: Mac Antonio Camargo Silva
Site: https://www.portaleducacao.com.br/medicina/artigos/21307/raios-x-a-maior-descoberta-do-seculo

 

 

Posted in Sem categoria.